Código de má qualidade

É comum deparar-me com falhas nas boas práticas mais básicas de programação. Tais problemas, embora não correspondam necessariamente a bugs, dificultam a leitura do código, o debug e as alterações. São cometidas por programadores com diversos níveis de experiência. Muitas vezes porque algo foi “feito à pressa”, porque não quiseram arriscar um pequeno refactoring, ou porque não puseram em causa a forma mais correta de o fazer.

Continue a ler “Código de má qualidade”

Um exemplo de uma avaliação heurística

Uma avaliação (ou análise) heurística é uma técnica do processo UX que permite identificar falhas e problemas de uma interface de uma aplicação ou site. É feita por um ou mais (até 3) especialistas na área que inspecionam a interface tendo em conta um ou mais guiões (sendo o mais conhecido, as 10 heurísticas de Nielsen).

Continue a ler “Um exemplo de uma avaliação heurística”

A primeira app Android

Desenvolvi, juntamente com o Diogo Mateus, a minha primeira app para Android.  A app serve um propósito simples (o mesmo que já tinha feito para uma extensão do Chrome): o de notificar o utilizador dos seus programas de TV favoritos.

Este projeto serviu para entrar neste mundo e apreender o ciclo de vida do desenvolvimento das suas apps, desde a conceção da arquitetura até à sua publicação na loja, passando pelo desenvolvimento e respetivo debugging e gestão.

Continue a ler “A primeira app Android”

Desenvolver em Android no NetBeans

Como prefiro o NetBeans ao Eclipse (pois é muito mais simples, rápido e versátil), decidi investigar. É possível/fácil programar para Android com o NetBeans com a ajuda do plugin NBAndroid. Há no entanto a limitação de não haver editor gráfico (o que não é preocupante, como explicarei adiante..).

Continue a ler “Desenvolver em Android no NetBeans”

Um emulador de Android alternativo – Genymotion

Ao desenvolver apps para Android, nem sempre temos o dispositivo ligado (nem queremos dar cabo da bateria por sucessivas cargas/descargas). No entanto, o emulador nativo do Android SDK é uma lástima: demora literalmente minutos a abrir e a lançar a app…

Genymotion é um emulador Android estrondosamente rápido; além de ver as alterações em poucos segundos, poderá testar em dispositivos de diversos tamanhos e versões… É gratuito para uso pessoal.Continue a ler “Um emulador de Android alternativo – Genymotion”

Uma interface independente

Uma boa interface não é fácil de se atingir; podem ser precisas diversas iterações até se conseguir a solução ideal: a menos complexa mas que providencia toda a funcionalidade necessária. Para tal, é importante ter algumas linhas-mestre na criação das mesmas.

Uma “interface independente” não depende de animações, som, diferenças de cor e da ajuda. Não quer dizer que não os deva ter; quer apenas dizer que não deve depender deles para ser usada.

Ler artigo em inglês no Medium.

Continue a ler “Uma interface independente”

Ambiente de desenvolvimento JSF

Este segundo artigo da série incidirá sobre o processo de instalação e configuração do ambiente de desenvolvimento JSF, o que implica:

  • Instalação do JDK: o SDK do Java

  • Instalação do IDE: o NetBeans com plugins Java EE

  • Instalação e registo de um servidor aplicacional para Java: o Tomcat

Continue a ler “Ambiente de desenvolvimento JSF”

Extensão para o Google Chrome: Alarmes de TV

Desenvolvi, há uns anos, uma extensão para o Google Chrome. Em poucas palavras, o seu objetivo é que o utilizador seja notificado quando os seus programas de TV favoritos forem começar. Já existem algumas apps nesse sentido, mas nenhuma avisa o utilizador de um programa de forma recorrente; apenas o fazem uma vez (o utilizador tem de estar sempre a ativar)…Continue a ler “Extensão para o Google Chrome: Alarmes de TV”

Create your website at WordPress.com
Get started